quarta-feira, 22 de junho de 2011

Tenho saudades daqueles olhos azuis
Como você me beijar na noite
Tenho saudades da forma como o sono

Como não há nascer do sol
Como o gosto do seu sorriso
Eu sinto falta da maneira que nós respiramos

Mas eu nunca te disse
O que eu deveria ter dito
Não, eu nunca te disse
Eu só segurei na

Nenhum comentário:

Postar um comentário